Posts Recentes
Posts Em Destaque

O TIJOLO ECOLÓGICO


Mas afinal, o que define o tijolo ecológico? Diferentemente dos tijolos convencionais, onde é feito a partir da argila extraída de mananciais e cozido em fornos que utilizam madeira como combustível, o tijolo ecológico é produzido basicamente apenas por solo, cimento e a umidade, passando por um processo de cura a partir da água.


Figura 1 – Tijolo convencional e seu processo de produção. (Fonte: www.gardensofmylife.blogspot.com.br)

Conhecido também como tijolo modular de solo-cimento ou BTC - bloco de terra comprimida, a sua fabricação é a partir da mistura de qualquer tipo de solo, tendo o arenoso como o mais indicado (constituído entre 60% a 80% de areia e 40% a 20% de argila), cimento e umidade.


Figura 2 – Imagem virtual de uma residência geminada. (Fonte: www.ecomaquinas.com.br)

Inicialmente, é necessário analisar a condição do solo que irá ser utilizado. O solo deve passar por um processo de trituração e peneiração para que não tenha torrões (solos secos e duros) e outros resíduos (pedras, galhos, madeira e plásticos).


Figura 3 – Máquina de triturar e peneirar respectivamente. (Fonte: www.ecomaquinas.com.br)

Após o processo de peneirar e triturar, o solo é misturado com o cimento, em uma proporção de 10 a 15%, até que fique em uma coloração uniforme. Em seguida é adicionado a água e misturada até ter uma consistência semelhante a uma massa.


Figura 4 – O processo de mistura do tijolo ecológico. (Fonte: www.comaquinas.com.br)

Com a mistura pronta do solo-cimento, basta inserir na máquina de tijolo ecológico, que é basicamente uma prensa hidráulica. Porém, antes de tudo é necessário seguir regras para a produção da mesma, sendo encontradas na norma técnica ABNT NBR 8492:2012.


Figura 5 – A máquina de tijolo ecológico. (Fonte: http://verdeequipamentos.com.br)

É possível encontrar o tijolo em vários tamanhos, porem a sua geometria é usualmente encontrada nos modelos abaixo. Neste modelo em especifico, a dimensão é de 30 x 15 x 7 cm, sendo possível fazer 1 m² de parede com 47,5 tijolos.


Figura 6 – Modelos de tijolo ecológico. (Fonte: http://verdeequipamentos.com.br)

Os orifícios verticais, observados na figura 6 são utilizados para facilitar a inserção do concreto e ferragem tanto nos cantos e ao longo das paredes das edificações (o tijolo não tem função estrutural), como também para a passagem das tubulações elétricas e hidráulicas.


Figura 7 – Construção em tijolo ecológico. (Fonte: http://verdeequipamentos.com.br)

Como é possível constatar, o tijolo ecológico além de ser um produto que gera menos impactos ambientais, possui outras vantagens em relação ao tijolo convencional. É um produto modular, ou seja, cada tijolo é encaixado no outro e assim o seu consumo com tijolo, concreto, argamassa acaba sendo menor, bem como a quantidade de entulho no canteiro de obras também é menor. Para complementar, esse material fornece conforto térmico e acústico.

----

Escrito por: Rafael Augusto Baioni Gomes, Arquiteto e Urbanista formado na UniFil, em 2013. Pós-Graduado em Projeto arquitetônico pela UEL, em 2015. E-mail: rafael@aegrupo.com.br

#tijolo #construção #construçãoalternativa #construçãosustentável #construçãocivil #engenharia #engenhariacivil #engenhariaearquitetura #impactoambiental #ambiental #sustentabilidade

Siga
No tags yet.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
GRPAE ARQUITETURA E ENGENHARIA LTDA 
CNPJ: 28.872.441/0001-00
RUA GOIAS, 2000, SALA 04
CENTRO
LONDRINA - PR
(43) 3351-5195
  • Facebook
  • Instagram
  • Whatsapp