August 16, 2018

Please reload

Posts Recentes

Largura mínima para corredores e escadas

May 22, 2020

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

TIPOS DE TAPETES

Quando decoramos espaços internos, devemos ponderar tudo aquilo que será especificado em sua totalidade, ou seja, a marcenaria, moveis, quadros, objetos decorativos, tudo que irá compor o ambiente deve estar em harmonia com a estética desejada.

 

O tapete é um dos itens que compõe a decoração de interiores e que pode valorizar ou depreciar o espaço, mas o que talvez muitos não saibam é que ele não somente isso. É utilizado também para delimitar o ambiente que está sendo decorado, melhorar o conforto térmico em locais onde o piso é frio, aumentar o conforto acústicos em espaço com eco, além de fatores estéticos, como por exemplo, dar ânimo em espaços com cores muito sóbrias com tapetes geométricos ou então amenizar a decoração com muitas cores com tapetes monocromáticos.

 

Figura 1 –  Sala de estar com tapete monocromático. (Fonte: GRUPO AE)

 

Como é um produto muito empregado no mundo a muito tempo, existem vários tipos, cores, materiais, técnicas, tecnologias que fazem o tapete ser antialérgico e fácil de limpar, e enfim, que irá influenciar no valor final da peça.

 

1. TEAR

 

É um dos tapetes é possível encontrar sua fabricação em qualquer lugar do Brasil, porem sua maior produção é no estado de Minas Gerais. Normalmente composto de algodão ou lã, é confeccionado por uma máquina chamada Tear, onde de forma artesanal ou mecânica, tece a trama de fios e assim concebendo o tapete.

Figura 2 –  Tapetes de tear. (Fonte: http://www.cnactapetes.com.br)

 

2. FIBRA DE VINIL

 

Como é um tapete que resiste ao trafego intenso e podendo aplicar qualquer tipo de cor, marca ou desenho, é normalmente utilizado em locais públicos como edifícios residenciais e comerciais, mercados, shoppings e entre outros

Figura 3 –  Tapetes em fibra de vinil. (Fonte: http://www.cnactapetes.com.br)

 

3. CARPETE

 

Podendo ser encontrado no mercado com a espessura 2mm a 10mm, em formatos de placas ou mantas, é muito utilizado em ambientes corporativos, podendo variar muito o seu valor em relação a tecnologia, padrões e tecidos utilizados.

Figura 4 –  Carpetes em placas ou mantas. (Fonte: https://perolatapetes.com.br)

 

4. NYLON

 

Confeccionados com fibras sintéticas, esses tapetes conferem maior durabilidade, resistência, além de possuírem proteção antiderrapante e contra raios UV, o que irá prolongar a vida do tapete e atenuar o desbotamento da cor com o tempo. Dessa forma, é possível ser utilizando tanto em ambientes residenciais, como também corporativos.

Figura 5 –  Tapetes em fibra de vinil. (Fonte: http://www.masterkap.com.br/)

 

5. RUSTICO

 

Composto por fibras naturais, como o seagrass, sisal e fibras de bananeiras e entre outros. Por ser produzido por materiais naturais agridem pouco o meio ambiente, é indicado para pessoas que tenham alergia ou problemas respiratórios, além de expor o usuário de corantes químicos que são aplicados em outros tipos de materiais que podem ser tóxicos. Em contrapartida, é um tapete que não pode ser exposto ao tempo ou a umidade.

Figura 6 –  Tapete em fibra natural. (Fonte: http://www.gspisos.com.br/)

 

6. SHAGGY

 

Normalmente feito de poliéster ou náilon, por ser um tapete com pelos altos, acaba conferindo um conforto acústico, tátil e térmico maior. Dessa forma, é muito utilizado em ambientes como salas de tv e home theaters.

Figura 7 –  Tapetes felpudos. (Fonte: http://moralesonline.com.br/)

 

7. KILIM

 

De origem do oriente médio, são confeccionados em lã ou seda. É possível encontrar uma variedade grande de desenho, podendo denominar alguns, como Afegan, Sita e Dhurrie. Por ser tratar de materiais como lã ou seda, é mais indicado para áreas internas

 

Figura 8 –  Tapetes kilim afegan. (Fonte: http://lhasta.com.br/)

 

8. AUBUSSON

 

De origem do francesa, são tapetes que utilizam a mesma técnica de fabricação do Kilim. Na realidade é uma versão popular dos tapetes Savonnerie que eram utilizados pela aristocracia francesa. São tapetes que possuem desenhos floridos e com tons pastéis

Figura 9 –  Tapetes Aubusson. (Fonte: www.bagdatapetes.com.br/)

 

Como é possível constatar, existem vários modelos com formatos, tipos de matérias e cores diferentes. Agora basta encontrar o tapete que esteja de acordo com as suas necessidades, seu bolso e estilo de decoração do ambiente que deseja valorizar!

 

-----

 

Escrito por: Rafael Augusto Baioni Gomes, Arquiteto e Urbanista formado na UniFil, em 2013. Pós-Graduado em Projeto arquitetônico pela UEL, em 2015.     E-mail: rafael@aegrupo.com.br

Please reload

Siga