August 16, 2018

Please reload

Posts Recentes

Largura mínima para corredores e escadas

May 22, 2020

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

QUERO REFORMAR!! E AGORA?! O PASSO A PASSO

January 18, 2018

Reformar uma casa ou apartamento é uma tarefa que nem sempre fácil e se você pretende entrar de cabeça em uma reforma, mas não sabe por onde começar e nem o que priorizar, o artigo de hoje é para você!

 

1. CONTRATE UM PROFISSIONAL

 

Com certeza o primeiro passo para se começar uma reforma é contratar um profissional da área, seja ele arquiteto ou engenheiro, por isso pesquise por boas indicações e referencias, e se possível visite alguma obra que este profissional executou para ver se os acabamentos e detalhes estão bem executados, procure saber se este profissional é cadastrado no conselho regional que regulamenta a profissão.

 

De um modo geral esses profissionais cobram entre 5% e 8% do valor total da obra, e no final esse investimento que a princípio parece extra acaba representando uma economia pois elaboram o projeto, ajudam a aprimorar planejamento, auxiliam na definição de custos, orientam sobre as melhores escolhas, evitam alterações que venham a desvalorizar o imóvel e pensam em mudanças que não comprometam tanto a planta original.

 

2. DEFINA O ESCOPO DA OBRA

 

O primeiro passo a ser estudado com o profissional contratado é o escopo da reforma, ou seja, quais ambientes serão reformados da residência de acordo com o seu orçamento e suas necessidades. Um grande erro que muitos cometem é não definir o escopo e durante a obra acabar executando outros serviços, saindo do planejamento e consequentemente estourando o orçamento inicial.

 

3. O PROJETO

 

Posteriormente a definição do escopo chega a hora do profissional elaborar o projeto, esta etapa leva em torno geralmente de um mês a dois meses entre elaboração, apresentação e aprovação, isso também depende do profissional contratado. É fundamental ter em mãos um projeto bem definido e detalhado, o profissional irá apresentar imagens perspectivas de como ficará o imóvel quando tudo estiver pronto para sua aprovação. 

 

4. ORÇAMENTO E CRONOGRAMA

 

Após a aprovação do projeto pelo cliente, o profissional deve fazer o orçamento dos itens que serão modificados na reforma, incluindo material e mão-de-obra. Antes do início do cronograma vale reunir todos envolvidos e questionar prazos e fazer a compatibilização dos serviços, com isso é possível montar um cronograma físico- financeiro da obra, ou seja, uma planilha aonde você poderá enxergar quanto você vai gastar por etapa e em média quanto tempo esta etapa levará para ser concluída, além de saber qual será o prazo total da finalização da obra.

 

É claro que esta é uma previsão e obras de reforma podem nem sempre sair como o esperado, por exemplo, pode haver a indisponibilidade de algum produto, atrasos no prazo de entrega de fornecedores, por isso sempre trabalhe com uma folga de alguns dias.

 

Começar a obra sem analisar as reais possibilidades de comprometimento da sua renda também é um erro e tanto e atenção: por mais que você planeje bem, evitando que o orçamento não estoure, ainda deve contar com um valor extra para imprevistos.

 

5. COMPRA DE MATERIAIS

 

Na hora da compra dos materiais que vão ser utilizados na obra faça uma pesquisa de preços, você pode encontrar uma diferença de até 20% entre uma loja e outra.

 

Outra dica importante é caso haja a possibilidade de fazer o pagamento a vista prefira esta opção pois você ainda pode conseguir um bom desconto!

 

Caso o proprietário não tenha em mãos a quantia necessária para realizar a reforma existem empréstimos específicos para este fim, geralmente tem taxas mais baixas do que de empréstimos pessoais sem fins específicos.

 

É importante que todos os materiais estejam comprados antes do início da obra.

 

6. OBRA

 

Nesta etapa é muito importante um profissional estar acompanhando de perto, pois assim é possível assegurar fidelidade ao projeto, fiscalizar se a mão-de-obra contratada está realizando um bom acabamento e cumprindo com os prazos estipulados no cronograma.

 

É muito importante antes do início e durante da obra fazer a proteção do que não vai ser alterado como pisos, metais ou louças, ou de algum serviço que acabou de ser executado.

 

Os serviços que gerem mais entulho e sujeira devem ser feitos no início da obra como: reparos na alvenaria, hidráulica, forro de gesso, e pisos e azulejos. Os trabalhos com acabamento como: marcenaria, pintura, móveis, papel de parede ficam por último.

 

Tenha sempre um local para guardar os materiais que serão utilizados para evitar o desperdício ou danificar algum deles. E sempre exija a limpeza no decorrer do trabalho, obra limpa é obra segura.

 

7. FINALIZANDO

 

Depois de finalizado todos os serviços da obra, faça uma verificação com o profissional de todos os acabamentos e confira se está tudo de acordo com o planejado.

 

Por último sempre indicamos a contratação de uma limpeza pós-obra, a faxina deixa o local habitável e pronto para receber os móveis e os moradores, mas não se esqueça esta é uma limpeza mais específica, diferente de uma faxina de manutenção.

 

Existem alguns serviços que facilitam a vida e são uma comodidade a mais para os moradores, são empresas especializadas em empacotar, transportar e desempacotar e o serviço de "organizer" auxilia a colocar a casa em ordem e ocupar os armários de forma mais organizada para começar o uso do espaço novo com o pé direito.

 

É seu lar que está em jogo, por isso, tenha cautela, desta forma, com as devidas precauções tomadas e o investimento de tempo e dinheiro corretos sua reforma tem tudo para dar certo.

 Contrate profissionais com qualidade, venha até o nosso escritório ou mande um e-mail para orçamento, podemos projetar e cuidar da sua obra!

 

-----

 

Escrito por: João Paulo A. Monteiro, Arquiteto e Urbanista formado na UniFil, em 2013. E-mail: joao@aegrupo.com.br

Please reload

Siga